Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

reverieart

reverieart

07
Ago18

Luz e sombras, a cor e a ausência dela

Fer.Ribeiro

13 -  (1834)

 

O Sol quando nasce, mais que nascer para todos, nasce para tudo. À sua luz, não há o que ou quem lhe escape. Preciso, rigoroso, mesma as sombras seguem as suas regras.

 

12 - (1848)

 

Mesmo a objetiva das nossas câmaras não faz mais do que registar o que a luz lhe dá, deixando no esquecimento, como se não existisse, tudo que não é iluminado.

 

11- (1867)

 

E essa coisa complexa chamada cor!?  — Pois também ela depende da luz, apenas esta máquina, também ela complexa, que vive dentro de nós e dá pelo nome de cérebro, às vezes, tem o poder de a alterar, mostrando-nos aquilo que está estipulado vermos e não  o que realmente é.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D